(Fonte: behr-barbara)

Há qualquer coisa de longínquo em mim neste momento. Estou de fato à varanda da vida, mas não é bem desta vida. Sou todo eu uma vaga saudade, nem do passado, nem do futuro: sou uma saudade do presente, anônima, prolixa e incompreendida.
Livro do Desassossego, Fernando Pessoa. 
11.232 reproduções Do I Wanna Know Arctic Monkeys AM
Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo dia.
Que morres no amor.
Na tristeza. Na dúvida. No desejo. Que te renovas todo dia. No amor. Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas. Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.

Tu tens um medo; Cecília Meireles.   (via sexta-azul)

(Fonte: desafagos)

(Fonte: weheartit.com)